Segunda-feira, 6 de Agosto de 2007

Sibila (parte 2)

(…)

Não tens a mala pronta para partir, porque sabes

que não partes, porque as camisas empilhadas que

tens sobre a cama são para usares

em cada chama que se acende na noite, fazendo

um luzeiro de sonhos e de esperanças.

Amas e isso basta-te. Não contornas o que tem

acesso directo. Vives porque amas e isso basta-te para

ver a luz dos relâmpagos como fonte de energia.

(…)

 

 

Foi-me dada a conhecer uma música muito interessante, há alguns dias. Algo muito trivial, muito profundo... Chama-se Pequenos Pormenores e é dos Mundo Complexo. Deixo o refrão:

 

 

Quem é que já contou os raios de sol?
Quem é que dá importância ao pequeno caracol?
O que é que tu me dizes sobre a diferença entre as flores,
Será que tu reparas nos pequenos pormenores?
Quando as nuvens estão cinzentas, o sol não brilha;
Será que tu reparas nesta grande maravilha, que é a vida?
 

 

 

(Adorei o “pequeno caracol”!!!))

publicado por MB às 11:22
link do post | explanare | favorito
1 comentário:
De KI a 11 de Agosto de 2007 às 13:15
Sibila , livro que apreciei e aprecio bastante de Agustina Bessa Luís, livro que mora ali na estante sempre à mão, livro que contém belos excertos...........

Eu já tentei contar os raios de sol, mas fico sem ver nada segundos depois...
Gosto do pequeno caracol, olho-o encantada nops buraquinhos dos paus aí pelas praias, plantandos nas espigas nos campos, ainda atracados a outros caracóis maiores... e também gosto de caracóis de cabelos de os fazer e desfazer.....
Das diferenças entre as flores posso dizer-te que é a diferença que as faz tão belas, como a 'boca de lobo' de travo doce, a malmequer de amarelo intenso ao centro, o girassol imponebte, a papoila que pinta de vermelho campos unicolores, a rosa aamrela ...sempre a minha preferida e a alfazema que n tem a essência que me encanta...
Se eu repáro nos pequenoa pormenores? Sim repáro, e é neles que acho sempre energia para seguir caminhando e sorrindo... sãoe de peças pequenas que se fazem os puzzles e se alcança um total ambicionado...
As nuvesn podem estar cinzentas e o Sol espreitar... desenha-se um arco-íris e redefine-se a magia de olhar através dios olhos dos outros.....
A maravilha da vida reside em cada dia descobrir algo novo.....mesmo que apenas nós o vejamos.


Beijos minha cara, um bom fim de semana.

Comentar post

recentes scripta

Sibila est

Hipotermia (II)

Quarto de Pandora

António

Quiet Nights of Quiet Sta...

Catarse

RP sem Croquetes!

Por una Cabeza

Imortal

porta

Monólogos de Valium

Tardes de Saudade e um Ge...

...

Moinhos de Vento

Bilhete para o fim do dia

designed by Rui Barbosa