Quarta-feira, 22 de Novembro de 2006

Sonha – 'o sonho comanda a vida'

Ás vezes é tão complicado ter um bocadinho de controlo sobre as coisas. Sempre fui uma descontrolada, nunca tive capacidade para gerir muito bem o que me rodeia e por causa disso decepciono-me muito. Um bocadinho de controlo, provavelmente não sobre os outros, mas sobre mim, era o suficiente para encarar a vida noutros moldes.

Sou uma pessimista exacerbada. Uma incrédula nas capacidades dos outros e, muitas vezes, nas minhas. Acaba por ser uma atitude defensiva que só ataca. E depois só lanço veneno para todos os lados, ou melhor, acabo por transmitir as minhas visões disfóricas da realidade a quem tão feliz sonha.

Não posso dizer que seja realista com toda a minha essência, mas também posso dizer que já sonhei mais. Já tive mais confiança no incerto, no vindouro, no que não se conhece minimamente.

Reitero o que disse, é uma maneira de protecção. Mas, apesar desta minha postura sensaborona que, felizmente, se vai desvanecendo, sonhar é bom, seguir os impulsos é óptimo, andar no arame é sensação única; porque, de facto, “o sonho comanda a vida” e “sempre que um homem sonha o mundo pula e avança”. Só o sonho de algo bom, de algo desejado, de algo que faça tremer os joelhos e que nos deixe sem dormir vale realmente a pena. Só o sonho nos dá coragem para seguir, mesmo quando tudo parece estar cinzento, mesmo quando tudo nos diz que não. Só o sonho nos empurra para seguir os instintos mais reprimidos que são os que mais prazer dão.

Só o sonho vai fazer com que a nossa vida continue. Como disse a um amigo, há pouco tempo:”Sonha e o teu mundo avançará!” E que tal fazermos do sonho a força motriz da nossa vida?

publicado por MB às 22:11
link do post | explanare | favorito
7 comentários:
De Azevedo Torres a 23 de Novembro de 2006 às 18:35
Oh cromita se tu não fosses tão péssimista, tu ias ver que as coisas iriam correr melhor para os teus lado. Por exemplo nos testes, quer tires 20 valores como 15 valores, o teste nunca te corre bem, antes de o fazeres já sabes que te vai correu mal. Porra rapariga mexe-te mas é para a frente e vamos mas é mexer essa bunda e ser mais optimista e não tão péssimista e molengona, ou seja, sempre a bombar, mas também não abuses porque pode arrebentar a bomba.
Força Beijinhos
De auctore sublato a 23 de Novembro de 2006 às 19:00
Se ouver erros desculpem mas o "verificar ortografia" não funciona
De kituta a 26 de Novembro de 2006 às 14:59
Ola!
bm, n xperes k t diga koixas du generu: "e facil ver o lado positivo da vida"ou "nao penses nas koixas mas" ou outras koixas axim du generu... knkordu k s so s vir o lado negativo da koixa n s anda p frent.. entra.s em deprexao, paramx a xpera k algo ou alguem nus salve ou nus tire du infernu k tamx a viver, kuando na verdade n akrditamx nixu... o facto e k kerendo ou n, nos vemx obrigadx a sonhar ou, d certa forma, arranjar maneira d ultrapaxar o negativismo. ou ixu ou um ospiciu...
o k t keru dixer c istu e k sim, devemos sonhar... um bocadinhu.. o maximu k pod akntcer e cair na realidade e ter k enfrentar os problemas d frent xkecendu os noxos ideais d vida k, km e obvio, n estao presentes na situaçao... agr, eu tb sou um kadinhu km tu... sempr negativa... as vezx e bom, xpera.s u mau e akntece algm koixa boa... pelo menx mlhr... mas e s n akntece?? e s o mau k xperavamx e a realidad?? recorremx ao sonho... e um ciclo... tenta n paxar pela fase d "cair" na realidad... tenta antx, sonhar c a realidad... e mais seguro... se feliz.. bjnhx ;)
De Chic-Insanne a 1 de Dezembro de 2006 às 17:52
Boas ...
Tudo bem?
Não levei nada a mal a intromissão, gostei muito do teu comentário e para te agradecer estive a ler o teu, é muito interessante e tem muitas coisas que nos faz pensar.
Muito obrigado pelo teu elogio e são pessoas como tu, que não me fazem desistir.
Já agora gostaria de entrar em contacto contigo se tal fosse possivel, tens alguma forma de podermos trocar e-mails?
Um beijão a cair de chic
André
De nicas a 1 de Dezembro de 2006 às 18:47
gaiata, sabes que para mim o que escreves está sempre bem. nao percebo metade, mas tu tambem nao percebes nada de design. por isso...
este comentario serve para os textos todos!!!
é muito versatil!!!
continua a trabalhar que ainda vais longe. isto é se nao for a pé!!!!!!!!!!!!!!!!!!
fica bem
De Rui Barbosa a 2 de Dezembro de 2006 às 22:12
Definitivamente, não te percebo

Ora vejamos:
Se tu não tens confiança no incerto, como é que dizes que tens confiança em mim?

Há coisas que eu não concebo...

Upa, upa!
De auctore sublato a 8 de Dezembro de 2006 às 22:01
s e verdade e mt bom sonhar e mt bom pensar k td ira dar certo o pior e kuando acontece o contrariu
aí ficamos desesperados sem saber pa k lado nos havemos de virar
aí instala se o maior problema para o kual (na maior parte dos casos ) n exist resoluçao... e kuando isso akontece interrogamo nos
- o k k eu faço?? para ond vou??? kom kem hei d flr??? e etc
por isso nao sei s have mos nos sonhar ou nao sonhar, arriscar ou n arriscar eis a kestao
bj marta

Comentar post

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

© Marta Barbosa 2007

recentes scripta

Sibila est

Hipotermia (II)

Quarto de Pandora

António

Quiet Nights of Quiet Sta...

Catarse

RP sem Croquetes!

Por una Cabeza

Imortal

porta

Monólogos de Valium

Tardes de Saudade e um Ge...

...

Moinhos de Vento

Bilhete para o fim do dia

designed by Rui Barbosa