Sexta-feira, 13 de Abril de 2007

Os Anjos da Guarda existem

Esta semana (que felizmente acaba) foi consagrada à intemporalidade. Fala-se de uma coisa: é actual; refere-se um tema: mais intemporal não podia ser. É estranho… Haverá algo que seja, de facto, anacrónico e completamente descontextualizado em algum tempo ou espaço específico?

Não sei… Mas, como diz a minha irmã Ana, esta é a minha resposta para qualquer pergunta que me seja formulada. (Acho que o facto de eu nunca saber também é constantemente actual!) Mas, voltando à intemporalidade, devo dizer que o que me levou a vir escrever este post para as escassas (2, vá lá, 3) pessoas que lêem o Ipsa Ego foi um texto que escrevi há 2 anos. Andava eu a vasculhar no meu arquivo, para ver se dava seguimento a um projecto que acho ser maior que eu (?), quando esbarrei, literalmente, com um texto que escrevi para um concurso literário (do qual não soube o resultado). Intitulei-o de “Anjos da Guarda” e começa assim:

 

Os Anjos da Guarda existem. Eles acompanham-nos para todo o lado, quase como numa perseguição. Estão sempre lá: quando estamos tristes eles são o nosso ombro amigo, quando choramos são eles o lenço que enxuga as nossas lágrimas, quando estamos desesperados com o mundo são eles que nos acalmam e quando quase morremos são eles que nos trazem de novo à vida…

 

Escrevi isto há dois anos, podia tê-lo escrito ontem… Acho que a minha professora de português iria ficar muito contente se lesse o meu blog (é que eu compreendi a ideia de actualidade), ou não, mas isso são outras guerras (intemporais, por sinal) …

Mas o que importa é dizer que os Anjos da Guarda existem, na sua intemporalidade de render de heróis que não nos abandonam, nunca… Mas nós também temos que desenvolver algum espírito de autonomia, obviamente.

Os Anjos da Guarda existem, eu tenho um…

 

 

(Desculpem estes meus devaneios, mas já que são só 3 (numa perspectiva bastante optimista) pessoas que lêem o blog (pura caridade), eu aproveito para libertar estes meus desvarios de uma forma mais actual – na Internet. Entretanto, vou também mudar o nome do blog para qualquer coisa relacionada com a histero-neurastenia. Isto um dia passa-me ou não, mas vamos todos acreditar que sim como acreditamos que o aquecimento global não nos vai matar a todos!)

publicado por MB às 23:58
link do post | explanare | favorito
|
7 comentários:
De kituta a 15 de Abril de 2007 às 18:30
Então? A desvalorizar-me?? Eu leio o teu blog... E eu valho, à vontade 3 pessoas... Além disso, tendo em conta os comentários que vejo em posts anteriores, não sou a única... Em relação ao post em si, so tnh a dizer: Será só um o nosso anjo da guarda?? E será humano?? Tira-me as dúvidas se conseguires... ;p Parabéns pelo trabalho... Continua... beijinho
De Ana Soares a 15 de Abril de 2007 às 18:47
Não dixes fugir o teu anjo...
Porque tu, sem dúvida, mereces.
Estou muito feliz por saber que és feliz porque, afinal, é isso que os amigos sentem. Não imaginas como é fantastico ver-te assim...
Concordo com o que disseste em relação aos anjos. Espero que o outro nunca te falhe (não falha de certeza) mas se precisares não hesites em falar comigo (como sempre)
Beijinhos*
De auctore sublato a 17 de Abril de 2007 às 23:11
eu sei a irmã Ana e venho só confirmar que sim é verdade, quando vou a casa de fim de semana a cada pergunta que lhe faço ela só responde não sei. para ela a chapa 24 é o não sei
De Eu sou o tio a 19 de Abril de 2007 às 21:58
Como é que alguém anónimo diz que é a irmã Ana!?
De AEu a 20 de Abril de 2007 às 10:59
Olá, eu também tenho um anjo... anjo da guarda... que me guia... e ilumina... a minha vida! A canção dos Tribalistas diz e eu corroboro!
Mas quantas vezes eu nem me lembro dele!? Quantas vezes só o vejo quando preciso?
Melhor do que isso é que ele caminha sempre a nosso lado, e quando não vemos as suas pegadas, já vamos no colo dele!
Esta é a verdade da nossa fé! A fé em que acreditamos para viver, sonhar e caminhar! É bom, é confortável! E até necessário!
Já comentei mais que uma vez contigo que a religião é uma invenção humana! Sacrilégio para alguns, verdade para quem mais caminha! Só que é uma invenção necessária! O homem tem necessidade de explicar o que não tem explicação! E há muitas perguntas sem resposta! Algumas pela nossa ignorância outras porque o conhecimento e evolução da humanidade apesar de parecer muita, é ainda muito rudimentar e quase pré-histórico! Quanto mais conhecemos o mundo e as suas sociedades, mais teremos essa noção da realidade.
Não olhemos apenas para a nossa Europa, que evoluída em alguns aspectos, é pré-histórica noutros; olhemos para a sociedade muçulmana que tem ainda uma meia dúzia de séculos para chegar ao nosso, a sociedade indo-chinesa que também evoluída socialmente em muitos aspectos, é castradora noutros; e depois, se olharmos para Africa, bem, os reis modernos e os interesses tratam os restantes humanos como o lixo! Dá pena sentir que a Igreja parecer estar a fazer um grande trabalho, e eu acho que os queridos missionários não são mais que carne para canhão! Verdade! Que raio de poder tem a Igreja? Que raio de poder para até conseguir forçar a queda de um império comunista, e depois, África? Africa é um jogo de interesses até para a Igreja! Não para os missionários! Resta a América! A Norte, o Canadá com a sua excelência! A seguir os EUA... os extremos do bem e do mal, do rico e do pobre! Uma sociedade que é uma bomba imprevisível! Penso que as facções radicais serão bem piores que a inquisição. O Centro com a Venezuela e alguns paíse das Caraíbas têm o poder centralizado em ditadores que monopolizam e "escravizam". O Brasil é também uma falsa paz... as favelas são países dentro das cidades, apenas com condições para a escravatura de quase todos e a riqueza de alguns. Os restantes países à volta também não tem grande estabildade... o CheGuevara andou por lá... mas morreu... porque para se ter é preciso produzir!
Ora, onde anda o anjo da guarda de toda esta gente?
E estas questões são intemporais! Os problemas de hoje são os de ontem, com outra linguagem, com outra face, mas problemas iguais: A luta pelo poder, a submissão dos mais fracos aos mais fortes! E a ausência de uma cultura da verdade para o bem comum!
E onde anda o anjo da guarda? Que me guia...
Bem, talvez só se possa ocupar de alguns de cada vez... talvez
É bom sentir que existe um anjo! Mas só com o esforço de cada um, num caminho mais humano e com a radicalidade de Jesus, sem respeitos humanos, se conseguirá dar mais um salto em frente.
Sinto pena que o poder do bem só se veja nos filmes americanos! Na realidade, isso tudo não passa de uma grande treta, ou seja um grande, grande negócio. A própria Igreja é incapaz de o fazer!
E basta olhar para trás na nossa Diocese do Porto: Sempre considerei que a catequese seria o veículo por excelência para elevar a qualidade das nossas gentes... em mais de trinta anos que conheço de acção, apenas vi um pequeno hiato em que isso parecia acontecer... e tudo está a andar para trás! Para quê, depois, os CPM's, os Cursos de Cristandade? Para quê se não se aposta tudo desde o início????
Anjo da guarda? Anjo da Guarda!
A tua escala de dois anos é muito pequena! Entendo que sintas que é importante, e é-o de facto! Mas tens muito que caminhar e verás ainda muito mais! De muito bom, de bom, de mau, e de muito mau!

Bem haja o teu anjo da guarda, que sempre te acompanhe, te guie e ilumine!

E não mudes o nome! Eu gosto! E se for necessário que o bloguinho seja conhecido, fazemos uma campanha publicitária na televisão, nos jornais e em outdoors...

Beijinhos
De AEu a 20 de Abril de 2007 às 10:59
Olá, eu também tenho um anjo... anjo da guarda... que me guia... e ilumina... a minha vida! A canção dos Tribalistas diz e eu corroboro!
Mas quantas vezes eu nem me lembro dele!? Quantas vezes só o vejo quando preciso?
Melhor do que isso é que ele caminha sempre a nosso lado, e quando não vemos as suas pegadas, já vamos no colo dele!
Esta é a verdade da nossa fé! A fé em que acreditamos para viver, sonhar e caminhar! É bom, é confortável! E até necessário!
Já comentei mais que uma vez contigo que a religião é uma invenção humana! Sacrilégio para alguns, verdade para quem mais caminha! Só que é uma invenção necessária! O homem tem necessidade de explicar o que não tem explicação! E há muitas perguntas sem resposta! Algumas pela nossa ignorância outras porque o conhecimento e evolução da humanidade apesar de parecer muita, é ainda muito rudimentar e quase pré-histórico! Quanto mais conhecemos o mundo e as suas sociedades, mais teremos essa noção da realidade.
Não olhemos apenas para a nossa Europa, que evoluída em alguns aspectos, é pré-histórica noutros; olhemos para a sociedade muçulmana que tem ainda uma meia dúzia de séculos para chegar ao nosso, a sociedade indo-chinesa que também evoluída socialmente em muitos aspectos, é castradora noutros; e depois, se olharmos para Africa, bem, os reis modernos e os interesses tratam os restantes humanos como o lixo! Dá pena sentir que a Igreja parecer estar a fazer um grande trabalho, e eu acho que os queridos missionários não são mais que carne para canhão! Verdade! Que raio de poder tem a Igreja? Que raio de poder para até conseguir forçar a queda de um império comunista, e depois, África? Africa é um jogo de interesses até para a Igreja! Não para os missionários! Resta a América! A Norte, o Canadá com a sua excelência! A seguir os EUA... os extremos do bem e do mal, do rico e do pobre! Uma sociedade que é uma bomba imprevisível! Penso que as facções radicais serão bem piores que a inquisição. O Centro com a Venezuela e alguns paíse das Caraíbas têm o poder centralizado em ditadores que monopolizam e "escravizam". O Brasil é também uma falsa paz... as favelas são países dentro das cidades, apenas com condições para a escravatura de quase todos e a riqueza de alguns. Os restantes países à volta também não tem grande estabildade... o CheGuevara andou por lá... mas morreu... porque para se ter é preciso produzir!
Ora, onde anda o anjo da guarda de toda esta gente?
E estas questões são intemporais! Os problemas de hoje são os de ontem, com outra linguagem, com outra face, mas problemas iguais: A luta pelo poder, a submissão dos mais fracos aos mais fortes! E a ausência de uma cultura da verdade para o bem comum!
E onde anda o anjo da guarda? Que me guia...
Bem, talvez só se possa ocupar de alguns de cada vez... talvez
É bom sentir que existe um anjo! Mas só com o esforço de cada um, num caminho mais humano e com a radicalidade de Jesus, sem respeitos humanos, se conseguirá dar mais um salto em frente.
Sinto pena que o poder do bem só se veja nos filmes americanos! Na realidade, isso tudo não passa de uma grande treta, ou seja um grande, grande negócio. A própria Igreja é incapaz de o fazer!
E basta olhar para trás na nossa Diocese do Porto: Sempre considerei que a catequese seria o veículo por excelência para elevar a qualidade das nossas gentes... em mais de trinta anos que conheço de acção, apenas vi um pequeno hiato em que isso parecia acontecer... e tudo está a andar para trás! Para quê, depois, os CPM's, os Cursos de Cristandade? Para quê se não se aposta tudo desde o início????
Anjo da guarda? Anjo da Guarda!
A tua escala de dois anos é muito pequena! Entendo que sintas que é importante, e é-o de facto! Mas tens muito que caminhar e verás ainda muito mais! De muito bom, de bom, de mau, e de muito mau!

Bem haja o teu anjo da guarda, que sempre te acompanhe, te guie e ilumine!

E não mudes o nome! Eu gosto! E se for necessário que o bloguinho seja conhecido, fazemos uma campanha publicitária na televisão, nos jornais e em outdoors...

Beijinhos
De AEu a 20 de Abril de 2007 às 10:59
Olá, eu também tenho um anjo... anjo da guarda... que me guia... e ilumina... a minha vida! A canção dos Tribalistas diz e eu corroboro!
Mas quantas vezes eu nem me lembro dele!? Quantas vezes só o vejo quando preciso?
Melhor do que isso é que ele caminha sempre a nosso lado, e quando não vemos as suas pegadas, já vamos no colo dele!
Esta é a verdade da nossa fé! A fé em que acreditamos para viver, sonhar e caminhar! É bom, é confortável! E até necessário!
Já comentei mais que uma vez contigo que a religião é uma invenção humana! Sacrilégio para alguns, verdade para quem mais caminha! Só que é uma invenção necessária! O homem tem necessidade de explicar o que não tem explicação! E há muitas perguntas sem resposta! Algumas pela nossa ignorância outras porque o conhecimento e evolução da humanidade apesar de parecer muita, é ainda muito rudimentar e quase pré-histórico! Quanto mais conhecemos o mundo e as suas sociedades, mais teremos essa noção da realidade.
Não olhemos apenas para a nossa Europa, que evoluída em alguns aspectos, é pré-histórica noutros; olhemos para a sociedade muçulmana que tem ainda uma meia dúzia de séculos para chegar ao nosso, a sociedade indo-chinesa que também evoluída socialmente em muitos aspectos, é castradora noutros; e depois, se olharmos para Africa, bem, os reis modernos e os interesses tratam os restantes humanos como o lixo! Dá pena sentir que a Igreja parecer estar a fazer um grande trabalho, e eu acho que os queridos missionários não são mais que carne para canhão! Verdade! Que raio de poder tem a Igreja? Que raio de poder para até conseguir forçar a queda de um império comunista, e depois, África? Africa é um jogo de interesses até para a Igreja! Não para os missionários! Resta a América! A Norte, o Canadá com a sua excelência! A seguir os EUA... os extremos do bem e do mal, do rico e do pobre! Uma sociedade que é uma bomba imprevisível! Penso que as facções radicais serão bem piores que a inquisição. O Centro com a Venezuela e alguns paíse das Caraíbas têm o poder centralizado em ditadores que monopolizam e "escravizam". O Brasil é também uma falsa paz... as favelas são países dentro das cidades, apenas com condições para a escravatura de quase todos e a riqueza de alguns. Os restantes países à volta também não tem grande estabildade... o CheGuevara andou por lá... mas morreu... porque para se ter é preciso produzir!
Ora, onde anda o anjo da guarda de toda esta gente?
E estas questões são intemporais! Os problemas de hoje são os de ontem, com outra linguagem, com outra face, mas problemas iguais: A luta pelo poder, a submissão dos mais fracos aos mais fortes! E a ausência de uma cultura da verdade para o bem comum!
E onde anda o anjo da guarda? Que me guia...
Bem, talvez só se possa ocupar de alguns de cada vez... talvez
É bom sentir que existe um anjo! Mas só com o esforço de cada um, num caminho mais humano e com a radicalidade de Jesus, sem respeitos humanos, se conseguirá dar mais um salto em frente.
Sinto pena que o poder do bem só se veja nos filmes americanos! Na realidade, isso tudo não passa de uma grande treta, ou seja um grande, grande negócio. A própria Igreja é incapaz de o fazer!
E basta olhar para trás na nossa Diocese do Porto: Sempre considerei que a catequese seria o veículo por excelência para elevar a qualidade das nossas gentes... em mais de trinta anos que conheço de acção, apenas vi um pequeno hiato em que isso parecia acontecer... e tudo está a andar para trás! Para quê, depois, os CPM's, os Cursos de Cristandade? Para quê se não se aposta tudo desde o início????
Anjo da guarda? Anjo da Guarda!
A tua escala de dois anos é muito pequena! Entendo que sintas que é importante, e é-o de facto! Mas tens muito que caminhar e verás ainda muito mais! De muito bom, de bom, de mau, e de muito mau!

Bem haja o teu anjo da guarda, que sempre te acompanhe, te guie e ilumine!

E não mudes o nome! Eu gosto! E se for necessário que o bloguinho seja conhecido, fazemos uma campanha publicitária na televisão, nos jornais e em outdoors...

Beijinhos

Comentar post

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

© Marta Barbosa 2007

recentes scripta

Sibila est

Hipotermia (II)

Quarto de Pandora

António

Quiet Nights of Quiet Sta...

Catarse

RP sem Croquetes!

Por una Cabeza

Imortal

porta

Monólogos de Valium

Tardes de Saudade e um Ge...

...

Moinhos de Vento

Bilhete para o fim do dia

designed by Rui Barbosa