Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

As Monumentais Festas do Casamento da Gata - (não vai) Avante

 

Avançava eu, qual visão em branco, pela nave da Igreja, quando me apercebo e comento com João de Oliveira (que me acompanha emocionadamente ao altar) que a única figura masculina à minha espera é o padre!
Mayday! Mayday! Com tantos preparativos esqueci-me que NÃO HÁ NOIVO! Podia haver, talvez já tenha havido, mas agora não há!
Trezentos olhos postos em mim à espera de uma reacção – “a reacção não passará, a reacção não passará!” -, eu tomo consciência que é o povo quem mais ordena! Reúnem-se à minha frente padrinhos, damas de horror e os que metem sempre o bedelho onde não são chamados. Olham-me com aquele olhar melodramático e eu sei, naquele momento eu sei a resposta: Avante, camaradas! Em Setembro farei malas (sabendo onde ponho o quê) e seguirei rumo ao Seixal, com uma playlist muito especial no meu MP4 novo (prenda de quase-matrimónio), em busca do homem perfeito ou, como esse era Marx, um outro comunista qualquer. Sim, porque foi profetizado pela minha madrinha de casamento, Marta de Faria, que a minha vida seria em tons de encarnado, com a foice numa mão e o martelo na outra, ou seja, casar com um comuna!
E apressar-me-ei o mais que puder, porque:
1.    O meu saldo está a acabar, segundo um estudo lido por João de Oliveira;
2.    Já puxei há algum tempo a corda no Mosteiro de São Gonçalo de Amarante;
3.    Começamos a correr o risco de deixar de haver uma ala partidária verdadeiramente de esquerda!
E, meus amigos, para terminar esta saga que foram as Monumentais Festas do Casamento da Gata, despeço-me com uma bonita quadra popular (para seguir o registo de um site que eu conheço) que me ensinou a minha irmã:
 
“São Gonçalo de Amarante
Casai-me que bem podeis!
Já tenho teias de aranha
Naquilo que bem sabeis!”
 
Avante Camaradas!
 
 
Trulilooooooo!
música: Ele e Ela - Madalena Iglésias
publicado por MB às 00:30
link do post | explanare | favorito
|
4 comentários:
De Marina de Uta a 19 de Junho de 2009 às 01:52
Bem sei que este é um blog de familia... (ou de quase familia como agora me apercebi) mas vou dizer-te uma outra quadra (para o caso de o comunista demorar mais do que devia a aparecer...)
Diz ela:

"-Minha mãe, casa-me cedo
Que me morde a passarinha...
- Oh filha, coça-a c' o dedo
Qu' eu também cocei a minha"

Poético eu sei, mas não original... com muita pena minha!
De qualquer forma desejo-te boa sorte no Avante, menina, porque foste, és e serás para sempre a noiva mais interessante do mundo e quiçá até da tua casa!

Uma beijoca da quase-dama-de-horror,

Marina de Uta
De Zi a 19 de Junho de 2009 às 14:28
Uma noiva da Bouça e sp interessante...LOL pelo menos a do 13 concorda:P

beijinhuzzz
De Silvéria - a quase convidada a 20 de Junho de 2009 às 17:09
"...em busca do homem perfeito"???
E isso lá existe?
De alpha girl a 7 de Setembro de 2009 às 18:08
Gostei do blog....mto pretty in pink! :P

Homens perfeitos e euromilhoes...dois ou tres em triliões... :S

Comentar post

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

© Marta Barbosa 2007

recentes scripta

Sibila est

Hipotermia (II)

Quarto de Pandora

António

Quiet Nights of Quiet Sta...

Catarse

RP sem Croquetes!

Por una Cabeza

Imortal

porta

Monólogos de Valium

Tardes de Saudade e um Ge...

...

Moinhos de Vento

Bilhete para o fim do dia

designed by Rui Barbosa