Terça-feira, 11 de Setembro de 2007

Pedaço partido

“É só abrir o rádio e logo um coro de anjos,

Como se de anjos fosse,

Numa toada doce,

De violas e banjos,

Entoa gravemente um hino ao criador.”

 

Máquina de Fogo, António Gedeão

 

 

Merci bien, Babs

 

música: Bairro do Amor - Jorge Palma
publicado por MB às 16:30
link do post | explanare | favorito
|
2 comentários:
De Babs a 14 de Setembro de 2007 às 10:25
Como transformar uma corrente em algo giro e interessante que não se parece com uma corrente? Conseguiste fazer isso :)
De KI a 14 de Setembro de 2007 às 14:09
Os amores existem sim, nem que seja em nós...sempre.


Beijos.

Comentar post

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

© Marta Barbosa 2007

recentes scripta

Sibila est

Hipotermia (II)

Quarto de Pandora

António

Quiet Nights of Quiet Sta...

Catarse

RP sem Croquetes!

Por una Cabeza

Imortal

porta

Monólogos de Valium

Tardes de Saudade e um Ge...

...

Moinhos de Vento

Bilhete para o fim do dia

designed by Rui Barbosa